O QUE É UM CMV E PORQUE É TÃO IMPORTANTE?

O QUE É UM CMV E PORQUE É TÃO IMPORTANTE?

Controlar os custos e saber onde estão produzindo desvios de custos é muito importante para conseguir a rentabilidade de cada um dos pratos que vende no seu cardápio. Está preparado para saber como fazer isso? Com esse artigo, em 5 minutos, poderá ser um expert. Papel e lápis e vamos a receita!
ESCANDALLOS

Parece lógico pensar que o preço de um prato é determinado pelos custos dos ingredientes de preparação do mesmo, somando custos de empregos, custos fixos e variáveis e o benefício. Mas estamos calculando o custo de uma matéria prima, a fim de estabelecer um preço rentável de venda para o estabelecimento. 

QUAIS AS VANTAGENS EM TRABALHAR USANDO ESSA FERRAMENTA?

  1. Em primeiro lugar, os preços do cardápio do nosso restaurante serão justos, tanto para o cliente como para o restaurante. Isso acontece porque podemos saber exatamente o custo do mesmo.
  2. Ajuda a tomar decisões, ao conseguir ter um controle dos custos, podemos saber onde estamos investindo mais dinheiro, em quais fornecedores, etc. O que ajuda a controlar a margem, assim saberemos  que pratos tem que ser recomendados, já que um prato seja ele com um preço mais alto, não significa que seja o mais rentável para o restaurante, Assim mesmo, é importante para escolher os fornecedores, dado que ter conhecimentos exaustivos de cada um dos custos será importante para se é hora de mudar o fornecedor.
  3. Os CMV´s ou “Escandallos” termo em espanhol, para medir o custos dos pratos, lutam contra o desperdício de alimentos, porque se seguimos até a mesa, saberemos qual quantidade de cada ingrediente é necessário para a preparação de cada prato, fazendo uma gestão mais eficiente na cozinha  de quais pratos devem ser cozidos ao mesmo tempo.
  4. Realizar um CMV ou “Escandallo” de cada prato é o início da engenharia dos cardápios, sem o qual não seria possível saber qual prato é mais importante que outro. Para conseguir um melhor rendimento em nossos pratos e portanto nas vendas.

COMO SE CALCULA UM CMV ?

Un CMV ou Custo de Mercadoria de Venda, não deixa de ser a receita do prato, porém elevado a um nível maior. Neste nível, incluiremos os custos da matéria prima do prato, as perdas e os rendimentos. Com a finalidade de descobrir o custo da porção que posteriormente serviremos no restaurante.O mais simples para executar esta tarefa é preparar um excel, no qual, só temos que preencher os dados para que seja ele mesmo quem faça os cálculos e não tenha que fazê-los um a um. Precisaremos de uma folha por prato.

Ingredientes: Será cada um dos ingredientes que compõem o prato que vamos preparar no restaurante.

Unidade de compra: Faz referencia a unidades de medida, podem ser litros, centilitros, mililitros, gramas, kilos, etc.

Custo da unidade: É o preço que pagamos por essa unidade de compra, normalmente é tirar um preço médio. Para isso utilizaremos o cálculo da média ponderada, quer dizer, a medida dos custos pagos, evitando os métodos LIFO ou FIFO.

Rendimento: É a porcentagem de matéria prima que fica uma vez retiradas as perdas, por exemplo, se vamos preparar um peixe e ao limpar-lo tiramos as tripas, isso seria a perda, portanto, o peso das mesmas que pagamos o preço do peixe haverá que atribuir as partes do peixe que sim vamos usar.

Custo unitário: Será o novo preço depois de calcular as perdas. Seu cálculo seria: (100 CUSTO DA UNIDADE)/RENDIMENTO).

Tamanho da porção: Devemos indicar quanto de produto vamos utilizar. Para calcular quanto nos custa esse produto em cada porção deveríamos aplicar la formula: = (TAMANHO DA PORÇÃO*CUSTO UNITARIO REAL)/UNIDADE DE COMPRA

Custo da porção: É o preço da porção da matéria prima que vai usar por prato: = (COSTE UNITARIO REAL*TAMANHO DA PORÇÃO)

Não esqueça!

Com um CMV calculamos por quilômetro o custo da matéria prima de um prato, no entanto para premiar você um preço de vendas, deveríamos somar outros custos. Existem diferentes técnicas para fazer isso, mas em definitivo, a matéria prima tem que ser em torno de 33% do preço, quer dizer, multiplicar por três esse custo.

No entanto, não existe um normal na hora de fixar os preços de um prato, necessitamos realizar uma análise dos nossos concorrentes ao redor do nosso restaurante, executar uma previsão de vendas e ajustar preços para conseguir rentabilidade e por tanto benefício.

(+34) 960 992 535
hola@ordatic.com

Muelle de la Aduana, Lanzadera
46024 Valencia-España

COM O APOIO DE

NOSSAS REDES SOCIAIS

(+34) 960 992 535
hola@ordatic.com

Muelle de la Aduana, Lanzadera
46024 Valencia-España

QUAIS AS OPÇÕES EXISTEM QUANDO NÃO SE TEM UM PDV?

QUAIS AS OPÇÕES EXISTEM QUANDO NÃO SE TEM UM PDV?

Os PDV são um must! E isso já temos claro, porém, nem sempre resulta rentável para um restaurante possuir um. Ainda que tudo esteja bem como deveria, antes ou depois passará de um luxo a uma necessidade. Agora, Ordatic planeja outra opção para esses restaurantes que estão começando, para gestão de delivery.
IMPRESORA EPSON PARA ORDATIC

O delivery está de parabéns! Viveu seu maior auge durante o confinamento, quando não queria cozinhar era a única opção. Mas a reabertura de bares e restaurantes não significa ter esquecido do delivery, mas sim que está moderado seu crescimento, porém não está eliminado o hábito. E mais, todos os experts como Marcos Antón, em seu guia “O guia do delivery 2021”.

Nos últimos anos foram surgindo opções para ajudar os restaurantes na gestão do delivery, opções como Ordatic. Com que o restaurante pode receber todos seus pedidos de delivery em seu PDV de forma unificado e automática. E mais, a possibilidade de questionar os cardápios de maneira centralizada, com atualizações de preços, produtos e bloqueios no mesmo momento. No entanto, este serviço só estava disponível para os restaurantes que contavam com um PDV, e não um PDV qualquer senão necessitavam com um PDV que estivesse integrado com Ordatic.

Para paliar esse problema, dado que lamentavelmente não são todos os restaurantes que se encontram nessa situação, nasce Ordatic Lite. Uma nova opção, com que os restaurantes poderão contar com a impressão de todos os seus pedidos em um mesmo dispositivo, fora as funcionalidade anteriormente mencionadas. Se desejam ver os seus pedidos na tela, poderão fazer na plataforma de Ordatic.

QUAL A DIFERENÇA DE ORDATIC E ORDATIC LITE?

Com Ordatic, os pedidos vão do cliente para a aplicação delivery e Ordatic mostra no PDV do estabelecimento, evitando assim que tenham que transcrever os pedidos das aplicações de cada plataforma de delivery eliminando desta forma 100% de erros ao copiar as comandas. E será o PDV quem imprime a comanda da cozinha e o ticket final de venda que vai ser colocado na sacola para que o pedido possa ser recolhido.

No caso de Ordatic Lite, ao não contar com um PDV integrado, o pedido ira do cliente para a plataforma delivery e será impresso por Ordatic em sua impressora EPSON. Com isso, o restaurante não vai precisar mais ter em seu balcão, um tablet de cada plataforma de delivery, conseguindo assim uma comanda que vai do cliente para a cozinha.

QUAIS AS SEMELHANÇAS ENTRE ORDATIC E ORDATIC LITE?

Os usuários que escolherem Ordatic Lite, seguiram contando com os mesmos benefícios de gestão que os restaurantes que usam o serviço tradicional de Ordatic:

  • Recepção automática de pedidos; Com Ordatic poderá receber seus pedidos de forma automática, seja ao PDV ou diretamente à impressora.
  • Acceso a relatorios; a plataforma da a possibilidade de consultar relatorios de vendas por canais de vendas online. Podendo ver dados por plataforma, por produto…Ajudando a tomar decisões importantes dos produtos mais vendidos ou das plataformas que melhor funcionam como canal de vendas.
  • Modificação unificada de cardápios. Poderão ser modificados todos os cardápios das plataformas de delivery de forma unificada, evitando modificar em cada uma das plataformas de delivery.
  • Atualização em segundos dos deliveries. Assim mesmo, as alterações anteriormente mencionadas serão refletidas nos portais de vendas em poucos segundos. Normalmente quando isso é feito direto nas plataformas de delivery, você tem que esperar horas, inclusive dias.
  • Gestão das plataformas de logística. Com Ordatic, os pedidos chegarão automaticamente às plataformas de logística com que o restaurante trabalha. Já não terão que solicitar a estas empresas que vão ao seu restaurante recolher os pedidos. Serão gerenciados de forma automática pela plataforma de Ordatic.

A GRANDE SOLUÇAO

Com essa nova solução, qualquer restaurante tem em suas mãos a possibilidade de gerenciar de forma eficiente e unificada seus pedidos delivery. Entregando a sua equipe ferramentas importantes, para que eles possam centralizar no que realmente importa, cozinhar pratos deliciosos e oferecer aos seus clientes uma atenção especial. Conseguindo assim, economizar tempo e custos na gestão de cada pedido de delivery do restaurante.

(+34) 960 992 535
hola@ordatic.com

Muelle de la Aduana, Lanzadera
46024 Valencia-España

COM O APOIO DE

NOSSAS REDES SOCIAIS

(+34) 960 992 535
hola@ordatic.com

Muelle de la Aduana, Lanzadera
46024 Valencia-España

A GRANDE IMPORTANCIA DA EMBALAGEM DO SEU RESTAURANTE.

A GRANDE IMPORTANCIA DA EMBALAGEM DO SEU RESTAURANTE.

Quer conseguir o efeito WOW ao fazer um delivery? O segredo se encontra em seguir cozinhando muito bem e levando ao seguinte nível a embalagem. Quer dizer, escolher os recipientes que vão de acordo com o caráter do seu restaurante, que cuidem de cada prato e sobretudo que surpreenda e emocione os seus clientes.
PACKAGING COMIDA

A concorrência está cada vez maior, cada dia são mais restaurantes que apostam pelo delivery em seu estabelecimento. Por tanto, destacar diante dos concorrentes é crucial. No mundo de hoje, não importa só o sabor dos alimentos, onde a velocidade de entrega e apresentação são os segredos, é necessário fazer esforços nessa área.

Necessitamos criar pratos instagramaveis e quando falamos de delivery, não podemos deixar as coisas nas mãos do azar e confiar que os alimentos cheguem dentro de um recipiente como um prato de restaurante, é necessário investir em uma embalagem chamativa, que se preste a ser compartilhada e que seja agradável e apetitoso de comer.

Não estamos falando de gastar milhões, senão, de pequenos detalhes que fazem com que o consumidor veja que cuidados de todos os aspectos do prato. Desde os alimentos que vamos comer, passando por sua elaboração, até os recipientes que contém nossa pequena jóia.

VIVER UMA EXPERIÊNCIA GASTRONÔMICA EM CASA

Está claro que o COVID19 acelerou e fez que o delivey passasse de um dia que não queremos cozinhar, a formar parte do nosso dia a dia e que seja consumido quando temos vontade de viver uma experiência gastronômica em casa, como se tivéssemos em um restaurante, que temos vontade mas não podemos ir.

Necessitamos então fazer com que os clientes tenham essa experiência desde suas casas, já não podemos apostar por um bom serviço ou uma bela embalagem, e necessitamos diferenciarmos de nossos concorrentes para sermos escolhidos uma e outra vez. Queremos que nossa essência se perca por não estar em nosso estabelecimento?

Tudo é questão de custos, assim será necessário fazer uma boa busca de fornecedores de embalagens, para não encarecer demais, não obstante é possível. Existem soluções maravilhosas por um bom preço disponível para todos.

A embalagem escolhida tem que ter sintonia com nossa imagem de marca, tentar personalizar o máximo para diferenciarmos. Porém para este último, não é necessário fazer recipientes exclusivos com nosso nome impresso, podemos optar por adesivos e selos.

Lembra quando estava pensando na abertura do seu local? Quando buscava a decoração, as cores, o cardápio, inclusive o cheiro perfeito? Agora temos que levar isso para a casa dos clientes.

COMO ESCOLHER A EMBALAGEM PERFEITA?

O primeiro começa pela comida, necessita avaliar que pratos do seu cardápio tem as propriedades para chegar a casa do cliente, como se fossem da sua cozinha para a mesa do cliente. Uma vez que tenha os candidatos escolhidos, será necessário buscar o recipiente específico para cada um deles.

Todos nossos recipientes devem ir na mesma linha, subtraindo mais que somando, usar um ideal de papel kraft com um adesivo especial, se ao lado colocamos um típico recipiente branco de plástico que usamos sempre, muito vistos em estabelecimentos de comida asiática, que dão a falsa impressão de um preço muito baixo, Portanto devemos escolher uma estilo e encontrar dentro de este estilo o recipiente ideal para cada um de nossos pratos, dado que é provável que um prato necessite de mais temperatura ou é líquido necessitará um recipiente mais hermético e como comentamos anteriormente, buscamos que nossos pratos cheguem ao cliente como se fosse recém saídos da cozinha.

FAÇA A DIFERENÇA

Quando falamos de embalagem, se incluem desde o recipiente onde vai a comida e todos os detalhes que incluímos aos nossos clientes em seu pedido. Quer dizer, se utilizamos um papel kraft, passando a imagem que cuidamos do meio ambiente, por que não incluímos os talheres de madeira no lugar de plástico? Ou guardanapos reciclados no lugar das típicas brancas de celulose? Existem inúmeras qualidades e preços, dando um extra ao nosso serviço.

Outra coisa que devemos prestar atenção é: Onde vamos colocar o pedido do cliente para que seja entregue? Nós referimos as sacolas ou caixas que terão todos os alimentos dentro. Nota mental: Esqueça a sacola de plástico branca de sempre. É muito difícil mudar uma primeira impressão! E quando o entregador tirar o pacote de sua mochila e o cliente ver, essa é a primeira impressão. Por tanto, recomendamos apostas em caixas no lugar de sacolas, se subir muito o orçamento, escolha sacolas de papel, coloridas, que vão em linha com sua imagem de marca, com um adesivo da sua marca para fechar a sacola. Não esqueça que buscamos o efeito WOW.

Não se trata em gastar mais com embalagens que a comida vai dentro, mas existem opções a um bom preço, inclusive pelo mesmo que está investindo atualmente. Adesivos, cartas de agradecimentos personalizadas tais como postais de países que fazem honra ao seu restaurante, selos para caixas de papel…São muitas as opções. Agora, liga o seu computador e se inspire para fazer com que o delivery seja uma verdadeira experiência gastronômica em casa.

¡COMPÁRTELO CON TODO EL MUNDO!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

(+34) 960 992 535
hola@ordatic.com

Muelle de la Aduana, Lanzadera
46024 Valencia-España

COM O APOIO DE

NOSSAS REDES SOCIAIS

(+34) 960 992 535
hola@ordatic.com

Muelle de la Aduana, Lanzadera
46024 Valencia-España

ESTRATÉGIAS DE MARKETING PARA ALCANÇAR O TOPO.

ESTRATÉGIAS DE MARKETING PARA ALCANÇAR O TOPO.

É cada vez maior a concorrência que enfrentam os restaurantes e é necessário ter estratégias de marketing que ajudem o crescimento e a retenção de clientes. Com esse pequeno guia você será capaz com trabalho, e esforço conseguir chegar ao nosso público alvo.
CHICA SACANDO FOTOS EN UN RESTAURANTE

O QUE TEMOS QUE TER CLARO PARA PODER COMEÇAR?

Devemos saber que isso se trata de ações de marketing, ações centradas nos clientes que não funcionam de um dia para o outro, senão que teremos que trabalhar nelas alguns meses antes de ver os resultados. O marketing é como a cozinha, se queremos que algo funcione, devemos ter um cozimento lento!

Segundo a RAE, o marketing se define como um conjunto de princípios e práticas que buscam um aumento do comércio, especialmente de uma demanda. É precisamente sobre isso que fala esse artigo da Ordatic Academy, para aprender a fazer crescer a demanda, com o uso do marketing para restaurantes. Conseguir novos clientes, fidelizar, conseguir uma repetição maior e promover  a venda de determinados produtos.

Muitas vezes acreditamos de forma errada que o sucesso de um restaurante depende somente dos dotes culinários do Chef e mais nada perto da realidade. Qual a importância que alguém cozinhe bem se não nos conhecem e não tornamos atrativa a ideia de visitar o nosso estabelecimento?

AS TRÊS FASES DE UMA RELAÇÃO

Quando se trata de conquistar, não podemos fazer de uma vez e correndo, ainda que existam as flechadas, o amor à primeira vista, não é recomendado e normalmente não é frutífero. E como isso acontece mais nos filmes de Hollywood do na vida real, vamos preparar um plano B.. por causa da má sorte e outras coisas.

Podemos escolher ações de marketing para os restaurantes tanto online como offline, mas sempre, tem que parecer que estamos sugerindo algo e informando e não vendendo. Ninguém gosta que vendam nada, preferimos nos sentirmos livres na hora de tomar decisões de compra.

Em Ordatic Academy diferenciamos  três etapas que serão necessárias para conquistar os corações dos clientes. Será necessário não negligenciar em nenhuma delas, é tão importante realizar boas ações com a primeira, como com a última, não é porque alguém nos visita significa que nos ama e não se vai com outro.

SE PREPARE PARA CONQUISTAR:

A oferta gastronómica é cada vez maior, não só temos a possibilidade de escolher entre os jantares de qualquer parte do mundo, senão que está disponível uma ampla oferta de cada um deles, por tanto, é essencial se destacar sobre o concorrente.

Toda ação de Marketing começa em descobrir quem são seus clientes, e não, não podem ser todos. Temos que saber quem são as pessoas que têm mais possibilidades de consumir os nossos produtos, averiguar o que sentem, o que fazem eles suspirarem e onde estão, para assim causar um impacto com mensagens que chamem a sua atenção. Esse trabalho parece pouco importante é crucial, para não impactar as pessoas que não são nosso público alvo e não deixar de lado os que podem estar dispostos a comprar nosso produto. Nossas mensagens têm que estar plasmadas de forma que nossos clientes possam entender. Estude a concorrência, sem copiar, entende em que canal está, como se comunica e utiliza de guia criando seu próprio caráter. Terá que definir:

  • Manual de marca: cores corporativas, tipografia, forma no qual falará, formal ou informal? E usar sempre.
  • Redes sociais onde quer estar presente: dependerá muito de quem é seu público, dado que se vai se dirigir uns com média de idade de 50 anos, com um poder aquisitivo médio alto, pouco vai servir você ter um conta no Tik Tok, por mais que você goste dessa rede, é para um público de jovens de 16 anos. Porém é necessário ter uma presença em algumas delas: Instagram, Facebook, Tik Tok…
  • Página Web: é o primeiro que seus clientes vão buscar se quiserem te encontrar, se você não conta com página web, você está colocando uma barreira na hora que seus clientes se comunicarem contigo.

CONSEGUIR UM MATCH!

Uma vez definido quem são seus clientes e por quais meios querem que te encontrem é hora de trabalhar no conteúdo. Esse conteúdo tem que ser criativo e de acordo com sua imagem de marca e o seu público alvo. Se tem uma hamburgueria para jovens não use linguagem formal, use linguagem coloquial e imagens de jovens comendo hambúrguer, sem problemas se eles estiverem manchando as mãos com molhos.

O conteúdo tem que ser frequente, porém não chato, não podemos fazer publicações a cada 15 dias e esperar que tenham algum resultado, devemos ter uma frequência de 1 ou 3 publicações por semana, dependendo de sua plataforma. Outra opção, porém de um mínimo de conhecimento de marketing digital, é realizar ações de paid media, quer dizer, publicidade paga nas diferentes redes sociais. Assim mesmo, em algumas ocasiões, pode ser frutífero realizar colaborações com influencers a fim de chegar a mais gente. Será necessário medir todas essas estratégias uma vez efetuadas, para assim poder repetir as que estão funcionando e não repetir as que não estão funcionando.

VOLTAR A FICAR

Uma vez que conseguimos chamar a atenção dos nossos potenciais clientes e eles nos visita, devemos cuidar de todo detalhe de sua experiência no restaurante, desde o bem vindo que recebem, passando por criar pratos deliciosos e “instagramaveis”, até criar ações para que os clientes voltem, tudo isso é marketing de restaurante. Devem viver uma experiência agradável, mas temos que convidá- los a voltar. Como? Adquirindo seus dados de contato a fim de surpreendê-los com promoções, cumprimentos de aniversários ou um cartão fidelidade. Pedindo a eles abertamente que nos sigam nas redes sociais para que eles estejam sempre atualizados sobre o que acontece em nosso estabelecimento.

RESUMO…

É simples não é ? Só temos que observar nosso público alvo, valorizar os concorrentes, criar conteúdos para eles, cuidar de sua experiência no restaurante e seguir ações para que eles voltem. Sabemos que não é, e é algo que nunca acaba, mas se fizermos corretamente e com vontade pode ajudar a ter novos e melhores clientes para nosso restaurante.

(+34) 960 992 535
hola@ordatic.com

Muelle de la Aduana, Lanzadera
46024 Valencia-España

COM O APOIO DE

NOSSAS REDES SOCIAIS

(+34) 960 992 535
hola@ordatic.com

Muelle de la Aduana, Lanzadera
46024 Valencia-España

DARK KITCHENS E MARCAS VIRTUAIS, REVOLUÇÃO OU MODA?

DARK KITCHENS E MARCAS VIRTUAIS, REVOLUÇÃO OU MODA?

O que é uma Dark Kitchen? É uma marca virtual? Em que se diferenciam? É uma boa ideia investir em uma? O que é mais conveniente no meu caso? Essas respostas e muito mais você poderá encontrar neste artigo da Ordatic Academy. Vai se tornar um expert!
IMAGEN

Já é um fato! Não sabemos o que se esconde atrás de algumas portas em nossas cidades. E o que existe muitas vezes é um restaurante, não é só um restaurante e que em uma lugar fechado pode esconder muitas delícias em seu interior. Estamos falando do grande fenômeno das Dark Kitchens e marcas virtuais, as quais se introduziram no Brasil em meados de 2018.

Para entender toda essa revolução, primeiro, definimos o que é uma Dark Kitchen e o que é uma marca virtual. Se traduzirmos literalmente o termo Dark Kitchen para o portugues, seria uma cozinha escura, ainda que a tradução aceita seja cozinha fantasma, que não tem nada a ver com as festas de halloween. Na verdade se trata de estabelecimentos que oferecem comida a domicilio e que não tem serviço de mesas em seu interior. Assim mesmo, o cliente não pode buscar a comida, ela tem que ser entregue no domicílio do cliente.

Por outro lado uma marca virtual, é aquela que só opera em plataformas de delivery (próprias ou externas), porém está dentro de um restaurante tradicional. Quer dizer, um restaurante tradicional, que pode ou não fazer delivery, conta com uma segunda marca dentro do seu estabelecimento para entregas a domicílio. O objetivo de tudo isso é conseguir um melhor posicionamento dentro das plataformas de delivery ao contar com “diferentes restaurantes especializados.”

Essa tendência nasce no Reino Unido, mas no setor de retail, concretamente para dar respostas às necessidades dos supermercados, funcionando como armazéns de operações onde se preparam os pedidos dos clientes para posteriormente ser entregues em suas casas. Pouco tempo depois os setores de bares e restaurantes, se junta a tendência dos “Dark Stores”, com o nome de “Dark Kitchens”, com a finalidade de melhorar suas estratégias, inclusive para evitar a saturação de restaurantes que já contavam com muitos pedidos a domicilio.

Atualmente o setor de delivery não para de crescer, com um crescimento entre 40 e 50% em pedidos delivery no último ano, muito por causa da pandemia do COVID19. Não obstante, essa tendência de pedir comida a domicílio não será passageira, mas veio para ficar. Desta forma, muitos donos de restaurantes viram uma possibilidade a mais de rentabilidade para o seus negócios por meio das Dark Kitchens ou Marcas Virtuais.

PORQUE TEM TANTO SUCESSO ESSAS TENDÊNCIAS?

Por um lado as Dark Kitchens, existem dois tipos de tipologias, a primeira, seria um restaurante que já funciona mas necessita de outro local para realizar os seus serviços deliveries, seja por ter uma maior cobertura geográfica ou porque sua cozinha já está saturada por ter muitos pedidos a domicilio. O grande sucesso se deve porque para montar uma Dark Kitchen o investimento é muito baixo, não existe decoração, necessidade de talheres ou pratos, nem um salão e nem custos derivados do serviço de mesa. Assim mesmo, existe uma economia de custos para a localização da Dark Kitchen, porque não tem necessidade de ser vista pelos clientes, pode ser localizada em ruas pouco concorridas e portanto mais baratas, apenas considerando que o local escolhido cubra a zona de entrega onde existe a demanda.

 

Por outro lado, existe o caso das marcas virtuais, onde o restaurante já consolidado abre a possibilidade de delivery com outras marcas virtuais que operam nas plataformas de delivery. Como mencionamos anteriormente, a estratégia é o posicionamento nessas plataformas. Praticamente ao custo zero, já que utilizam os recursos já existentes no restaurante para realizar o delivery destas novas marcas.

Diferencias y similitudes entre las Dark Kitchens y las Marcas Virtuales:

DARK KITCHEN

MARCA VIRTUAL

NÃO NECESSITA DE UM RESTAURANTE FÍSICO

OS CLIENTES NÃO PODEM ENTRAR NO LOCAL

NÃO NECESSITA DE RUAS TRANSITADAS

SE BASEIA EM PROCESSOS

BAIXO INVESTIMENTO INICIAL

POSICIONAMENTO ONLINE

DISTRIBUIÇÃO ATRAVÉS DE EMPRESAS DE LOGÍSTICAS OU PRÓPRIA

PODE TER MAIS DE UMA MARCA

NECESSITA DE UMA PRIMEIRA MARCA FÍSICA

OS CLIENTES PODEM ENTRAR NO LOCAL

SE RECOMENDA RUAS COM TRÁFEGO DE PESSOAS

SE BASEIA NO POSICIONAMENTO

INVESTIMENTO INICIAL MUITO BAIXO NA PRIMEIRA MARCA VIRTUAL

POSICIONAMENTO ONLINE

DISTRIBUIÇÃO ATRAVÉS DE EMPRESAS DE LOGÍSTICAS OU PRÓPRIAS

PODE TER MAIS DE UMA MARCA

QUAIS SÃO AS NECESSIDADES QUE DEVEM SER COBERTAS PARA TER UMA DARK KITCHEN OU UMA MARCA VIRTUAL?

Não necessita muito para contar com uma Dark Kitchen ou uma marca virtual, não obstante, em especial fazer da melhor forma possível.

  • Em primeiro lugar, necessitamos de um lugar onde preparar os alimentos e as devidas licenças e alvarás.
  • No caso da marca virtual, será o mesmo restaurante.
  • Contratar os serviços das plataformas de delivery como: Ifood, Rappi, Ai q fome, Didi Food, 99 Food ou Uber Eats.
  • Contar com os sistemas de gestão como: Oracle, Menew, Totvs ou Stone.
  • Pode contar com uma app própria de pedidos com plataformas.
  • Assim mesmo pode contratar empresas de última milha.
  • É recomendado um sistema de integração de plataformas como Ordatic.

VAMOS FICAR SEM RESTAURANTES?

Se a pergunta é se vamos ficar sem restaurantes, a resposta é um rotundo não! Seguimos sendo seres sociais e gostamos de um restaurante e de momentos com amigos. Mas muitas vezes as adversidades dão lugar a novas tendências ou soluções e é o caso das Dark Kitchens e Marcas Virtuais, as quais contam com uma boa rentabilidade para o estabelecimento, desafogam as cozinhas dos restaurantes e cobrem uma necessidade em alça da demanda de comida a domicilio. Por tanto, podemos afirmar que não se trata de uma moda passageira, e sim uma revolução gastronômica que cada dia cresce mais e que veio para ficar.

(+34) 960 992 535
hola@ordatic.com

Muelle de la Aduana, Lanzadera
46024 Valencia-España

COM O APOIO DE

NOSSAS REDES SOCIAIS

(+34) 960 992 535
hola@ordatic.com

Muelle de la Aduana, Lanzadera
46024 Valencia-España

5 IDEIAS PARA SURPREENDER SEUS CLIENTES NO NATAL

5 IDEIAS PARA SURPREENDER SEUS CLIENTES NO NATAL

Já é Natal! Onde a paz e a felicidade reinam ! Por uns dias… Então aproveite, cuide dos seus clientes e se prepare para estar no seu of mind durante todo ano. Semeie um pouco mais esse mês e colha durante todo 2022. certamente que você surpreenderá seus clientes.
IMAGEN

O Natal é um momento muito importante no ano, quando os gastos disparam, quando as pessoas estão mais dispostas a investir em ócio. E portanto, é um momento importante para se destacar entre nossos concorrentes e apaixonar os clientes que ainda não estão fidelizados. E porque não fazer isso através dos detalhes em seus pedidos de delivery e surpreendê-los com um custo muito baixo?

Nesse artigo da Ordatic Academy, vamos descobrir 5 ideias para surpreender seus clientes, ideias que com certeza vão arrancar um sorriso e um agradecimento a mais no instagram. Publicidade gratis!

1 - Diz a ele cantando.

Bom, mais ou menos, a não ser que você tenha a voz do Frank Sinatra ou da Mariah Carey, melhor que não seja você quem vai cantar, vamos deixar isso com os profissionais de verdade. Então, do que estamos falando? UMA PLAYLIST NATALINA. Crie uma conta gratuita no Spotify, crie uma lista de canções de natal e compartilhe com seus clientes. Para compartilhar a lista pode criar um cartão como preparamos abaixo:

Se você dispõe de um serviço delivery próprio ou tiver a sorte de contar com os emails dos seus clientes, também pode enviar por email sem custos de impressão. Ainda que a opção mais impactante seja incluir o cartão dentro do pedido, assim você garante que os clientes vão ver e você vai criar a experiência que busca, sem ir diretamente ao spam.

Se você dispõe de um serviço delivery próprio ou tiver a sorte de contar com os emails dos seus clientes, também pode enviar por email sem custos de impressão. Ainda que a opção mais impactante seja incluir o cartão dentro do pedido, assim você garante que os clientes vão ver e você vai criar a experiência que busca, sem ir diretamente ao spam.

2 - Quem não gosta de docinho?

Veja, existem algumas pessoas que por alguma razão não gostam muito de doces, mas estudos científicos avaliam que só 1,7% da população (ok, isto não está baseado em nenhum estudo científico, inventamos agora…mas é mais ou menos por aí…no máximo). Então, por que não colocar um doce de natal no pedido delivery dos seus clientes? Você pode fazer de uma forma super personalizada, com biscoitos em forma de flocos de neve e árvore de natal ou com o nome do restaurante. Ou você faz de forma mais simples ainda colocando doces típicos de natal, que já você já compra pronto em qualquer supermercado.

Fonte: Revista HOLA.COM 

Fonte: elmundoeats.com

3 - Voltamos ao passado.

Lembra de quando você escrevia cartões de natal para toda família? Se ainda não fez, deveria começar por aí, porque é MUITO BONITO! Mas se pensarmos em nossos clientes, vamos fazer uma adaptação para eles, está claro que não podemos comprar um cartão de natal que tem luz e música para cada cliente, seria uma ruína. Mas podemos optar por algumas que têm um custo muito baixo, inclusive mandar fazer nossos próprios cartões, dependendo do número de impressão podemos conseguir um preços mais competitivos. Ainda que um “must” seria escrever à mão com algum detalhes especial como por exemplo o nome do cliente, nossa assinatura ou o nome do restaurante. Será necessário demonstrar que não é algo genérico, senão que foi pensado e preparado especialmente para o cliente em questão.

Fonte: soloimprenta.es

4 - Queremos estar na sua casa.

Existe algo mais bonito que uma árvore de Natal? O que você acha de enviar uma bola de para a árvore de natal? Aqui temos muitíssimas opções, desde uma bola de uma cor que representa nosso restaurante, com o nome do restaurante, até algo que simbolize o restaurante. Que dizer, se temos uma pizzaria, um enfeite com forma de pizza pode ser muito criativo e sempre estar presente na casa do cliente, que ele guarde ano após ano, pode nos dar uma imagem de marca continua.

Fonte: Amazon.com  

Fonte: Amazon.com 

5 - Orçamento mínimo.

Se prefere gastar o mínimo possível, ainda que queira ter um detalhe com seus clientes, temos uma proposta muito econômica para você. Vá ao bazar do seu bairro, compre um fita vermelha, faça laços e coloque para fechar as sacolas de delivery. Se você ainda coloca um recadinho de “Feliz Natal” ou “ Boas Festas” fica melhor ainda. Pode fazer a mão, inclusive tem muito mais valor. É um detalhe com um custo mínimo, que vai dar um diferencial nos seus pedidos de delivery em relação aos seus concorrentes.

Fonte: soloimprenta.es

(+34) 960 992 535
hola@ordatic.com

Muelle de la Aduana, Lanzadera
46024 Valencia-España

COM O APOIO DE

NOSSAS REDES SOCIAIS

(+34) 960 992 535
hola@ordatic.com

Muelle de la Aduana, Lanzadera
46024 Valencia-España